quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Domingo




Os animais não conhecem o lucro
para eles a única questão é a sobrevivência;
A nostalgia é um sentimento perigoso, diz o velho sentado à beira da estrada, porque
é no presente que enxergamos os detalhes e no passado, tudo parece mais bonito.
E vamos caminhando por estradas tortas que nos levam para becos escuros
onde as coisas ocultas nos fazem sentir vivos.

É na traição que a mulher casada ainda se sente viva, livre de um casamento já a muito sem amor
e no seu sexo se escondem todos os segredos do universo.

O desejo é que nos move. O desejo é mais forte que a gravidade.
E o passado vai sempre deixar uma pergunta;

O homem só não quer ser enganado. Deixa de amar um homem, mas não tire o seu direito
de ser respeitado, disse o mesmo velho ainda sentado à beira da estrada. Não diga que o ama, se você ainda se deita com outro nos seus sonhos;

O velho se levanta, a garrafa de vodca debaixo do braço e o nos olhos a certeza do dever cumprido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O seu comentário é muito bem - vindo, fique a vontade!