terça-feira, 31 de maio de 2011

55



"E de tudo fica um pouco"
                             Drummond.



Em mim ficou muito
de ti
ficou muito
de nós
na escadaria do prédio
na grama do parquinho
no lanche da esquina
por isso te odeio
te amo
e você se foi
eu não mais existo
desisto
é meu fim.

3 comentários:

  1. Olá Michel,
    Sou portuguesa e visualizei o seu blog, casualmente.
    Tanto talento e erudição!
    É necessário postar mais. Não importa se tem 1 ou 100 elogios.
    Agora tem um comentário, que é um elogio.
    Vamos colocar mais trechos?
    Abraços com luz.
    afectosecumplicidades.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Michel,
    Estou de volta, mas não há novidades ainda.
    Agradeço as tuas palavras.
    Tornei-me tua seguidora, ou seja, do teu bog, como poderás observar.
    Abraços com luz.

    ResponderExcluir
  3. Olá Michel,
    Como vais? Novidades, ainda não há.
    Abraços com luz.

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito bem - vindo, fique a vontade!