quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Frames per Second



Parte 1


A escuridão que dilata as pupilas
a fome que te consome a alma;

Os dias em que guarda a vida no bolso
e os livros na estante da sala.

As vertigens no saguão principal
o medo da queda e não da altura;

O luto de estar sempre um degrau abaixo
e a dúvida:
no mundo qual é a lei que vigora?


Parte 2

O instante em que se perde o controle
o exato instante em que
segundo a segundo
bit por bit
batida por batida
o mundo a sua volta muda.

Ficar para trás
e observar tudo que está sendo feito
quem vai na frente sofre com o desespero
no seu lugar eu ficaria aqui
não pensaria duas vezes em ir.






O café do jeito que você gosta
na manhã fria em que te perdi.
Parece piada de um stand-up ruim
desses que passam na TV nos dias de semana à noite.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O seu comentário é muito bem - vindo, fique a vontade!