quarta-feira, 18 de maio de 2011

Meu museu de peças quebradas, minha fortaleza.





Eu tive um sonho
em que todas as pessoas que já passaram pela minha vida
estavam lá.
O vizinho que me carregou no colo
a babá que me batia
o amigo da escola maternal
a menina dos cabelos dourados.

Eu tive um sonho
em que as pessoas não iam embora
elas permaneciam para todo o sempre
bom ou ruim, o sonho foi assim.

E estavam lá
meus amigos de adolescência
com quem montei minha primeira banda
estavam lá o pessoal da escola
e até o cara que me bateu aquela fatídica vez.
Todos parados olhando para mim
e me cumprimentando como velhos conhecidos.

Estavam lá minhas antigas paixões
a loirinha com cara de modelo
a japonesa inteligente
a morena batalhadora
a professora.

Estavam todos lá.

Eu tive um sonho
em que as pessoas sentiam a minha falta
e faltando pouco tempo para acordar
mais e mais gente aparecia
as conexões aumentavam e pessoas da vida dos meus irmãos, mãe e pai
se mostravam presentes
eu conhecia todos
eu me lembrava de todos
e chegou um momento em que
eu era todos eles
e eles todos eram parte de mim
e percebi que por mais que
alguém vá embora da sua vida
ela permanece em você
gravada na sua mente
tatuada na sua memória.

Um comentário:

O seu comentário é muito bem - vindo, fique a vontade!